O que é Lean Business Canvas7 minutos de leitura

No blog do Hackathon Academy a gente sempre busca trazer conteúdos que agreguem em seu dia a dia e claro, nos hackathons que você for participar para que sempre possa ter uma excelente performance, além de velocidade nas suas ações com diferentes ferramentas e estratégias para poder explorar. Aqui no blog já falamos sobre o tão famoso Business Model Canvas também que é uma versão “estendida” do Lean Business Canvas que eu vou falar hoje com você!

O que é ser Lean?

O Lean é uma filosofia de gestão inspirada em práticas e resultados do Sistema Toyota de produção. Traduzindo do inglês, a palavra Lean significa enxuto. O que traz a compreensão para sua aplicação, onde o foco está na aplicação e utilização de do mínimo de recursos, reduzindo e até mesmo retirando as atividades que possam não agregar valor para o projeto. Quando a gente busca ser “Lean”, essa busca é pautada em “Menos é mais” e que reflete de maneira clara, onde KPI’s precisam estar bem definidos, processos bem estruturados para que essa maneira de pensar e de agir possa realmente ser efetiva no dia a dia.

Para se aplicar o Lean na sua organização, projeto, startup ou no Hackathon que costuma acontecer nos finais de semana, você precisa primeiro de tudo entender qual é o nível de compreensão e maturidade das pessoas sobre o tema para que todos possam estar na mesma página.

Qual é a origem do Lean?

O Lean teve origem em um cenário pós-guerra no Japão, onde todo o país passava necessidades principalmente em termos de produção. E nesse cenário, a população que trabalha nas organizações japonesas buscavam cada vez mais poupar recursos e ter o desenvolvimento de uma produção em massa com custo baixo, objetivando os resultados em escala. Grandes exemplos que podemos ver hoje são as importações de produtos ou commodities (produtos pouco desenvolvidos e com baixa personalização) originados de países asiáticos. 

E mesmo esse modelo já sendo aplicado há um certo tempo nas culturas asiáticas, ele só foi registrado em 1990 no livro “The Machine That Changed The World” que, descrevendo os conceitos e métodos de trabalho aplicados pelo Sistema Toyota de Produção, fundamentou essa filosofia de gestão.

Princípios da metodologia Lean

  • Processamento impróprio
  • Fortalecer a equipe
  • Amplificar o conhecimento
  • Construir qualidade
  • Entregas rápidas
  • Adiar decisões
  • Otimizar o todo

Cada um desses princípios tem um objetivo claro de suas respectivas aderências na aplicação/realização de um projeto. O foco deve estar sempre no “menos é mais” onde o maior valor precisa ser gerado, com a menor e necessária quantidade de recursos para o desenvolvimento de uma nova feature, produto ou serviço. 

Principais diferenças entre Business Model Canvas e Lean Business Canvas

O Business Model Canvas é mais indicado para empresas que já estão a mais tempo no mercado, que estão mais “sólidas” e que buscam novas formas de inovação. Quando a gente traz o Lean Business Canvas, ele deve ser direcionado e indicado para Startups que ainda não definiram seu modelo de negócios e não tem as hipóteses que são mais relevantes para o negócio se manter de pé bem estruturadas.

Isso quer dizer que empresas mais tradicionais não podem utilizar essa ferramenta? Não! O que vale é sempre se atentar a maturidade e grau de conhecimento das pessoas sobre uma cultura Lean, Ágil e com a própria utilização da ferramenta.

Principais mudanças nos blocos do BMC para o LBC

Lean Business Canvas Uber

Para que possa fazer sentido a aplicação dessa ferramenta com a filosofia enxuta, é preciso de algumas mudanças; As principais mudanças foram:

  • Problema no lugar de Parcerias-chave 
  • Solução no lugar de Atividades-chave
  • Métricas-chave no lugar de Recursos-chave
  • Vantagem injusta no lugar de Relacionamento

E para explorar um pouco melhor essas estruturas e te ajudar na aplicação do seu LBC, algumas dicas de como preencher ou buscar informações sobre cada um desses blocos:

Problema
  • Quais são os problemas que nos comprometemos a resolver?
Segmento de clientes
  • Para quem estamos criando valor? Quem são os nossos clientes mais importantes?
Proposta de valor única
  • Que valor entregamos aos clientes? Qual a principal característica que torna o produto diferente dos demais no mercado?
Solução
  • Quais as funcionalidades que entregam valor para o cliente?
Canais
  • Através de quais canais nossos clientes querem ser contatados? Como nossos canais são integrados? Quais funcionam melhor?
Estrutura de Custos
  • Quais são os custos principais do negócio? Qual o valor dos recursos-chave? Quais são os mais caros? Qual o valor das atividades-chave? Quais são as mais caras?
Fluxo de receita
  • Por qual valor o segmento de clientes está disposto a pagar? Quanto eles pagam atualmente? Como o segmento de clientes pagam atualmente? Qual a contribuição de cada fonte de receita para a receita total? 
Métricas-chave
  • Quais são as métricas que suportam a geração de receitas ou retenção de clientes?
Vantagem Injusta 
  • O que temos que não pode ser copiado?

E vale ressaltar também que o Lean Business Canvas é uma ferramenta baseada no Business Model Canvas, porém substitui 4 dos 9 blocos originais para abordar pontos que são mais importantes na criação de Startups.

A importância do Lean na construção de um Hackathon

É totalmente compreensível que todas as empresas tenham desafios para serem resolvidos e na velocidade que o mundo caminha dentro desses modelos como VUCA e BANI ter a aplicação de metodologias ágeis e utilizar a filosofia Lean é super importante para se ter velocidade na resolução desses desafios. Quando a gente fala sobre desafios em organizações para mim longe me vem a cabeça uma palavra: Hackathons!

Os hackathons trazem por si só a filosofia Lean e as metodologias ágeis em suas construções. Além de se aplicar um modelo de inovação aberta na organização, o que permite uma velocidade 1x ir para 5x com várias cabeças pensando, com experiências, repertórios e culturas diferentes.

Hoje no Hackathon Academy a gente conta com um time super multidisciplinar que está localizado por todo o Brasil e com exatamente essas características que eu citei acima e que com certeza agregará muito valor para você e para a sua organização.

A importância do Lean na construção de uma solução em Hackathon

Para você que nunca participou de um Hackathon, são eventos que costumam acontecer em finais de semana e que envolve a participação de diversas pessoas, podendo ter a aplicação estadual, regional e quem sabe até nacional. Quando essas pessoas se juntam, mesmo sem se conhecer, para propor soluções, pode ter certeza que assim como um processo criativo funciona, sairão excelentes ideias e as ideias menos esperadas possíveis. Eu sou uma pessoa fanática por Hackathons e sempre que eu participo de um, aprendo algo novo e tenho uma experiência nova, além de entender onde errei, onde acertei, quais habilidades meus colegas têm que eu não tenho e o que preciso desenvolver para manter sempre crescendo e me desenvolvendo.

A importância do Lean na construção de uma solução está em como a equipe pensa, como age e como trabalha em equipe, integrando conhecimento, executando o que é apenas o necessário com entregas rápidas e de valor para a resolução do desafio apresentado. Um ponto sempre importante na construção dessas soluções, é o roadmap. Ser Lean e ágil não tem nada a ver sobre entregar tudo que é preciso, mas sim o que é o principal e necessário para a solução para de pé e resolver a dor do usuário.

O roadmap traz de maneira clara quais serão os próximos passos, dando a segurança para quem está investindo na ideia ou no caso dos hackathons, votando, ver quais serão os próximos passos daquele equipe na solução desenvolvida. 

Hoje o papo sobre Lean Business Canvas rendeu e espero que tenha sido bom para você e possa te ajudar nas suas próximas maratonas. Ah, vou deixar aqui duas excelentes recomendações de livros para você!

Let’s Hack!

Matheus Carvalho

Líder na Rio Sul Valley, Maker na ErreJota, Agente InovAtiva, Embaixador no Angel Investor Club, Community Manager no Hackathon Academy e Projects & Operations na Haze Shift