Habilidades desenvolvidas no Hackathon pelo perfil developer5 minutos de leitura

Você sabe quais são as Habilidades desenvolvidas no Hackathon pelo perfil dev? 


Fala pessoal, tudo bem? Meu nome é Matheus Oliveira e hoje a gente vai conversar sobre um tema muito interessante: habilidades desenvolvidas no hackathon por desenvolvedores. Vamos explorar esse mundo maravilhoso de inovação juntos?

Vamos  puxar bem mais para o lado das famosas Soft skills, e deixar um pouco os conhecimentos técnicos de lado.

Para quem não sabe o que são soft skills, em português significa habilidades interpessoais ou comportamentais.

São habilidades não técnicas, porém, muito importantes e que são extremamente difíceis de se obter, principalmente se você não tem essas características por natureza.

Estudar uma semana, um mês ou um ano pode te garantir o conhecimento de uma linguagem de programação, por exemplo, mas isso não ocorre com habilidades comportamentais.

Algumas pessoas passam a vida sem realmente conseguir atingir um nível satisfatório. Por conta disso, algumas empresas adotam a política de procurar pessoas por soft skills e fornecem treinamento e capacitação necessárias para exercer sua profissão.

Um bom exemplo desse tipo de prática sou eu mesmo, que participei de um processo desses 😊.

Então, como podemos desenvolver essas habilidades tão importantes e que podem fazer um diferencial enorme na sua carreira? E a resposta para essa pergunta não poderia ser outra: Hackathons!

Dentre as muitas habilidades que os devs podem desenvolver nos hackathons, vamos falar de especificamente 3 delas.

Comunicação

Com minha experiência em hacks, pude notar que devs tem uma dificuldade enorme de se comunicar. Isso é bem nítido quando vemos algum deles apresentar ou explicar o projeto. As situações são as mais variadas, desde a dificuldade de explicar o software para o time até conversar com mentores sobre possíveis soluções para a problemática.

Ver um dev apresentar um pitch é coisa raríssima.

Um Outro ponto bem interessante é que a comunicação não envolve somente a parte de se expressar bem.

Você precisa saber entender o que os outros falam. Nem todo mundo entende de apis, servidores, bibliotecas etc. Quando sua equipe pensar em um projeto, eles não vão chegar e dizer quais funções e métodos você precisa criar para que tudo rode direito… essa função é sua.

Um desenvolvedor precisa aprender a abstrair as funcionalidades das ideias da equipe, para pôr em prática tudo o que foi planejado.

 

Criatividade

Em um mercado cada vez mais competitivo, o pensamento criativo é imprescindível para se destacar das outras pessoas.

Criatividade não é somente saber criar coisas novas, temos pessoas criativas em várias áreas e de várias formas diferentes. O ponto aqui na verdade é saber resolver problemas de forma inovadora e rápida.

Nos hackathons, uma equipe geralmente tem de 3 a 4 dias para desenvolver um projeto inteiro e criar o mvp. Você obrigatoriamente precisa ser ágil, inovador e ter diferencial competitivo. Para quem nunca teve contato com eventos do tipo, não se engane. Não é fácil. Muitas vezes pegamos nichos que nunca tivemos contato, problemas que nem sabíamos que existiam e precisam ser resolvidos nesses 3 dias. Ponto final.

Quer oportunidade melhor do que essa de desenvolver sua habilidade criativa e de solução de problemas? Para pensar fora da caixa é necessário ter estímulos estando fora dela.  Uma coisa é certa, zona de conforto não te entrega nada novo. Pense nisso.

Resiliência

Esta é a soft skill que a gente geralmente obtém em momentos de fraqueza e derrota, mas que é extremamente importante para um profissional exposto à pressão como o caso de desenvolvedores.

Me arrisco a dizer que talvez essa seja umas das mais importantes para a nossa área, devido à pressão que muitas empresas e instituições impõem no time de desenvolvimento.

A maturidade psicológica é uma coisa bem complicada de se conseguir, e às vezes, somente com o passar do tempo. Enfrentar situações complicadas e diversas também contribui e muito para esse processo acontecer. Problemas que às vezes parecem impossíveis de resolver com certeza trazem um crescimento gigantesco para um desenvolvedor, tanto na vida pessoal como na profissional.

Para completar o raciocínio e valorizar quem veio até o final do post, vou citar mais uma skill massa que um dev pode adquirir em eventos como hackathons.

O que acontece se você juntar uma boa comunicação, resiliência, controle emocional e criatividade?

Se você respondeu capacidade de liderança, acertou em cheio!

Capacidade de liderar é uma das mais difíceis de se obter, pois, obrigatoriamente você precisa ter todas as outras citadas acima e mais algumas ainda. Um líder precisa ser criativo, se comunicar bem, ter empatia e discernimento. Tem que ter controle emocional, pois na hora que tudo estiver desabando ele vai segurar a onda. São referência para os outros a sua volta.

Para encerar, vou te contar um segredo. Hackathons são extremamente viciantes!

Quando começamos a participar, a vontade de não parar é enorme. Muitas vezes, se forem como eu, vão participar de vários seguidos haha.

Espero que tenham gostado do nosso papo, até a próxima.

Matheus Oliveira

Analista de software, estuda programação desde os 16 anos de idade. Amante de tecnologias inovadoras, tem como missão levar conhecimento e educação para as pessoas. Já passou por mais hackathons do que pode contar nos dedos das mãos e dos pés.