Inovação Aberta em Ligas Universitárias, como funciona?2 minutos de leitura

A liga de empreendedorismo é uma organização de pessoas que possui a inspiração e o fomento a empreender, é um local de trocas de conhecimento entre os membros e de estímulo para outras pessoas conhecerem e pesquisarem sobre o mundo empreendedor e empreenderem gerando mudança.

O que difere uma liga de empreendedorismo de uma empresa júnior? As ligas de empreendedorismo tem como objetivo auxiliar na fundação de startups ou empresas, já as empresas juniores auxiliam com projetos a melhora e o desenvolvimento de empresas já existentes.

Durante algumas viagens, participei de um Bootcamp sobre Empreendedorismo promovido pelo Insper e foi uma semana de treinamentos para criar uma empresa, algo semelhante a um Hackathon, porém com uma duração maior. Nesse curso, tive a oportunidade de ter aula com um dos principais professores de empreendedorismo do país o Marcelo Nakagawa. Então, a participação de eventos como esse auxiliam no aprendizado e no seu crescimento em relação ao conhecimento.

Nessa mesma maratona de conhecimento do Insper, tivemos uma última mentoria com o Álvaro Chocair, que ainda não havia lançado a sua universidade, a Link School of Business e por meio desse curso pude começar a acompanhá-lo e, além disso, entender um pouco de como ele estava trilhando sua trajetória, algo bem semelhante do que aconteceu com a Valeska Bruzzi, que antes dela consagrar-se no mercado de Marketing Digital, nós realizamos um evento em conjunto por meio da Fundação Estudar, tendo a possibilidade de entender e depois acompanhar, o seu sucesso como empreendedora. Com isso, vejo a participação de eventos como algo muito rico na criação e no desenvolvimento de relacionamentos e conteúdos

Em uma oportunidade na Fundação Estudar, como mentor, pude ouvir a Carmen Lúcia e o Rodrigo Maia, tendo uma melhor compreensão sobre como a política do Brasil funciona de fato, ouvindo respostas às perguntas de jovens como eu.

Além disso, participei de Startup Weekends, como jurado de cursos de empreendedorismo na minha universidade e todos esses momentos são muito interessantes, porque você entra em contato com outras ideias, entende como os outros percebem as diferentes ideias e como as opiniões dos mentores funcionam.

Existem ligas de empreendedorismo que desenvolvem Hackathons, Ideathons e competições tanto internas quanto externas. No vortex, realizamos um Hackathon interno entre outras quatro ligas, com participação da Kamila Camilo e do Bruno Crepaldi, para resolver o problema da diversidade nas ligas de empreededorismo, separando os membros de diferentes ligas para termos visões de ligas diferentes em todos os grupos. Criamos soluções legais para serem implementadas nas ligas. E além de tudo, aprendemos com pessoas muito know-how na áreas.

Fernando Guerreiro, formado em Economia na UFSCar, Co-fundador da liga de empreendedorismo da UFSCar Sorocaba, line.us e Co-fundador do Vortex.