Hackathon online – Que ferramentas digitais usar?1 minutos de leitura

A primeira coisa que é necessário de se perguntar na hora de definir as ferramentas de trabalho que você irá utilizar na condução de um hackathon, seja na interface que os participantes irão ter contato ou no controle interno, é entender muito bem quais são as necessidades do seu produto, para a ferramenta escolhida atender sua expectativa.

O ano de 2020 fez com que nossa sociedade passasse por uma grande transformação digital em um piscar de olhos e com isso surgiram diversos conteúdos adaptados para plataformas virtuais, fazendo com que a experiência do consumidor daquele produto se tornasse mais difícil de ser surpreendida. Portanto preste atenção se a ferramenta que você utilizar contenta a experiência que quer passar para seus stakeholders.

Clique aqui para ler um conteúdo exclusivo sobre como liderar a transformação digital do que ser liderada por ela.

 

EVENTOS VIRTUAIS

Como falamos anteriormente, essa é a hora de deixar a criatividade fluir e sonhar alto para fazer com que os participantes e mentores do seu hackathon vivenciem uma experiência incrível. Acredite ou não, temos ferramentas que permitem você alcançar sua noção de sucesso de experiência.

Essas ferramentas simulam muitos aspectos de conferências presenciais de forma virtual, indo além do senso comum esperado de um webinar clássico. Essas plataformas podem incluir estandes de patrocinadores, espaços de networking e até mesmo simular eventos 3D e VR.

Exemplos de ferramentas:
Teooh, Sinespace Breakroom – mundos virtuais de eventos 3D e VR
Remo, Airmeet, Tame, HeySummit, Vito. – salas sociais virtuais, com mesas virtuais para os participantes alternarem.

 

FERRAMENTAS DE ENGAJAMENTO

Uma ferramenta de engajamento é um mecanismo que permite que os construtores do hackathon facilitem maneiras altamente específicas de reunir membros fora da comunicação padrão do hackathon, como as de fórum ou de chat, promovendo interações. As ferramentas nesta categoria são construídas sobre plataformas existentes ou agem como suas próprias ferramentas de engajamento independentes, projetadas para serem usadas em adição a outras plataformas principais.

Exemplos de plataformas desta categoria: Lowdown, Sparkly, Donut, Connect.club, Rume, SpatialChat.

 

OPERAÇÃO DE SISTEMA

Com tantas opções de ferramentas de trabalho temos que tomar cuidado com a chuva de informações que vamos despejar nos participantes e mentores para não tornar o onboarding deles e do próprio hackathon confuso e difícil de imergir. Para isso existem mecanismos que trabalham com a integração de várias ferramentas para centralizar os dados em um só lugar e assim consecutivamente tornando o gerenciamento das plataformas do hackathon mais simples.

A Commsor é um exemplo de ferramenta que trabalha com centralização de informações integrando demais ferramentas em um só lugar como: Slack, Discourse, GitHub, Hubspot e Mailchimp.

Independente da ferramenta que você determinou ser a melhor para o sucesso do seu hackathon, não se esqueça de dominar bem o manuseio dele, para ser o ponto de referência das pessoas caso elas precisem recorrer.